Sugestão de leitura

Árabes em Foz do Iguaçu e Cidade do Leste

“Mundos em Movimento: Ensaios sobre migrações” foi publicado pela Editora da Universidade Federal de Santa Maria em 2007. 

Um dos artigos foi escrito por Fernando Rabossi e se intitula “Árabes e muçulmanos em Foz do Iguaçu e Ciudad del Este: notas para uma re-interpretação.

Rabossi argumenta que quem estuda a Tríplice Fronteira parece estar diante de uma versão do dilema de Hamlet: “ser ou não ser (terrorista), eis a questão”. Sua intenção é fugir do binômio ausência/presença de terrorista e buscar outras narrativas.

No capítulo, apresenta dados interessantes sobre instituições muçulmanas, número de árabes na fronteira (especialmente os libaneses) e o engajamento com as questões do Oriente Médio.

É um retrato interessante da região e da diáspora árabe no início dos anos 2000. É uma daquelas leituras especializadas que podem ser lidas com novas interpretações, como aquelas de John Tofik Karam.

Padrão

Um comentário sobre “Árabes em Foz do Iguaçu e Cidade do Leste

  1. Pingback: Terrorist Frontier or Commercial Hub? | Micael Alvino da Silva

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.